Entre janeiro e fevereiro de 2018 não houve nenhum roubo de veículo

No período entre os meses de janeiro e fevereiro de 2018, a cidade de São Sebastião registrou índices negativos de criminalidade comparado ao mesmo período do ano passado. Os dados são de um balanço realizado pela Secretaria de Segurança Urbana (SEGUR), em parceria com a Polícia Militar. Mesmo sendo período de alta temporada no município, não foi registrado nenhum roubo de veículo durante os dois primeiros meses do ano.

De acordo com os dados, em janeiro do ano passado foram registrados 165 casos de furto na cidade, e 134 casos em janeiro de 2018, somando uma queda de 19%. Já em fevereiro do ano passado foram 90 casos de furto, contra 66 em fevereiro deste ano, ou seja, uma redução de 27% nos casos de furto. Importante frisar que nos dois primeiros meses do ano a cidade recebe mais de 400 mil pessoas.

Os dados que mais impressionam são os de roubo de veículos, que registraram queda de 100% nas ocorrências em janeiro e fevereiro, sendo que em janeiro de 2017 foram 2 casos, e 3 casos em fevereiro.

Segundo o Comandante da Guarda Civil Municipal, Edgar Celestino, há uma relação direta entre a redução total no número de roubo de veículos e o funcionamento das câmeras OCR instaladas nas entradas e saídas da cidade. “As câmeras acusam os veículos com queixa de roubo e furto, então, de uma maneira geral inibem os crimes de acontecerem”, explicou o Comandante.

Para o Secretário da pasta, José Roberto de Lara, a baixa nos índices de criminalidade se deve principalmente à Operação Verão, que teve início em 20 de dezembro de 2017 e terminou no dia 16 de fevereiro, numa parceria entre a Polícia Militar e a Prefeitura de São Sebastião. “A Operação Verão foi excelente, do ponto de vista dos índices criminais, e já estamos programando ações para continuar com baixos índices de roubos, furtos, homicídios e etc”, destacou Lara.

Os índices de roubo também registraram queda em 2018 no mesmo período, sendo que em janeiro de 2017 foram 33 ocorrências, em comparação com as 26 registradas em 2018, somando uma redução de 21% nas ocorrências. Em fevereiro de 2018 o índice foi ainda melhor, foram 17 casos de roubo, que somaram uma queda de 55% em relação às 38 ocorrências registradas em fevereiro passado.