A sede do Instituto Verdescola, em Barra do Sahy, foi o palco para a primeira reunião do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) realizada na Costa Sul da cidade. O encontro realizado na quarta-feira (16/08) e teve como principal objetivo integrar mais instituições e fomentar a participação popular nos conselhos.

Segundo o assessor de planejamento da Secretaria de Governo, Henrique Simões, esta é mais uma iniciativa pioneira da atual administração. “O prefeito Felipe Augusto prioriza esse momento. Para nós é importante essa descentralização. Isso tem sido demonstrado desde o início dos trabalhos ao assumirmos essa gestão”, disse Simões.

A vice-presidente do CMDCA, Regina Célia Barbosa, foi outra que considerou produtiva reunião. “Além de ter a participação de outras entidades, ter na Costa Sul pela primeira vez esta reunião, nessa gestão, e todos ainda queriam conhecer de perto esse projeto do Verdescola”, disse Regina.

“Sabemos que a maior vulnerabilidade do município se encontra aqui, na Costa Sul. Acredito que a tendência seja uma reunião no centro e outra aqui, para que toda vez que seja aqui, os alunos, as pessoas, a comunidade possa participar”, comentou Elaine Maciel, representante do Instituto OBI.

A conselheira Cláudia Cantanhede, representante da Secretaria da Educação (SEDUC) realizou pequena palestra explicando aos presentes a importância e função do Conselho. "Estamos vivendo uma fase de mudanças, porque até então, o CMDCA fazia todas as reuniões lá no centro, não tinha essa participação efetiva dos conselheiros e entidades da Costa Sul".

A advogada do Verdescola, Fernanda Carbonelli, palestrou para as entidades sobre como realizar um projeto perante o fundo e os requisitos necessários, fomentando as orientações jurídicas para que mais entidades tenham acesso a esta verba. "Estou satisfeita e feliz do Verdescola ter promovido essa verdadeira integração entre sociedade civil e poder público", completou a advogada.

Silvia Dias, diretora do Instituto, disse que a ação fez a diferença. “Abrir o espaço do Verdescola para a realização da reunião, mostra o quanto estamos participando ativamente das melhorias para as pessoas e da região”, afirmou.

A fundadora e presidente do Verdescola Maria Antônia Civita também fez questão de prestigiar o encontro.