A Prefeitura de São Sebastião, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social (SEDES) esteve no Lar Vicentino, no Portal da Olaria, fazendo a atualização ou a inclusão dos 25 idosos atendidos no local no Cadastro Único.

Segundo a gestora do Cadastro Único para Programas Sociais no município, Helena Corrêa, a maioria dos idosos do Lar Vicentino já recebe o BPC (Benefício de Prestação Continuada), no valor de um salário mínimo, destinado a idosos acima de 65 anos que não possuam renda, e o Bolsa Família, que alguns idosos recebem, de cerca de R$ 89, por mês.

“Temos que atualizar o cadastro até dezembro deste ano. A partir de janeiro quem não estiver no Cadastro Único terá o benefício suspenso”, explicou Helena.

“Acho muito interessante a interação, a movimentação dos idosos com a nossa presença aqui. Eles gostam quando recebem visitas, ficam felizes”, destacou a gestora.

“Tem idosos aqui que não tem mais condições de se locomoverem. Esse serviço vindo até nós nos ajuda bastante”, agradeceu a assistente social e responsável técnica do Lar Vicentino, Ana Carolina Bento.

O Cadastro Único deve ser atualizado a cada dois anos ou quando houver alteração na renda ou na composição familiar. Trata-se de uma ferramenta de dados que serve não só para o BPC e o Bolsa Família, mas também para a Renda Cidadã, Ação Jovem, isenção na inscrição em concursos, Carteirinha do Idoso, Criança Feliz, Tarifa Social, Viva Leite, entre outros programas sociais.