Medalhista olímpico Diogo Silva leva projeto que une esporte, educação e cultura à escola na Enseada

O taekwondista sebastianense Diogo Silva, medalhista de ouro nos Jogos Pan-americanos de 2007 e integrante da delegação brasileira nas Olimpíadas de Atenas, em 2004, e Londres, 2012, esteve na Escola Municipal Cynthia Cliquet Luciano, na Enseada, Costa Norte de São Sebastião, fazendo a primeira ação do Instituto Masai, fundado em dezembro de 2018. O atleta é presidente e um dos membros fundadores do Instituto, cujo projeto social une esporte, educação e cultura.

Revista “Inspira” do projeto Jovens em Ação fomenta protagonismo juvenil

O projeto Jovens em Ação, desenvolvido pela Secretaria Municipal de Educação (SEDUC), lançou há um ano a revista bimestral “Inspira”, que hoje é digital e impressa, cujo conteúdo é produzido por alunos dos grêmios estudantis das dez escolas de ensino fundamental 2 da rede pública, na qual divulgam as atividades feitas nas unidades escolares.

Prefeitura entrega novos kits de percussão e uniformes para fanfarras de escolas da Costa Norte

A EM Professora Maria Alice Rangel, no Jaraguá, e a EM Professora Joana Alves dos Reis, no Canto do Mar (ambas na Costa Norte), além da EM Professora Vilma Aparecida de Almeida Ribas, em Boraceia, na Costa Sul do município, irão receber 50 uniformes, cada uma, da Prefeitura de São Sebastião, através da Secretaria da Educação (SEDUC). Os uniformes são: uma calça, um sobretudo e um kit baliza.

Prefeitura realiza capacitações para grupos de alunos do Projeto Jovens em Atuação

As capacitações para os grupos artísticos do projeto Jovens em Atuação já estão acontecendo nas unidades escolares de São Sebastião.
A primeira unidade escolar contemplada foi a EM Prof Walfrido Maciel Monteiro, localizada no Morro do Abrigo, com a Oficina de Técnicas de Palco e Jogos Teatrais, ministrada pela atriz professora Aimee Cardinalli. A Oficina foi dividida em dois momentos, sendo a primeira parte teórica, em que a capacitadora passou alguns conhecimentos técnicos sobre a arte cênica; os tipos de palco; as divisões do espaço cênico e os posicionamentos do ator.
Já na segunda parte os alunos fizeram alguns Jogos Teatrais (jogos de fotos), trabalhando a imaginação e a criatividade com a criação de cenas curtas. 
Outra Oficina que já teve início nas escolas foi a de História da Arte,  ministrada pela coordenadora do projeto, professora Kaylla Prado.
O grupo da EM Profª Cynthia Cliquet Luciano, localizada na Enseada, foi o primeiro a participar da Oficina em que aprenderam sobre arte clássica e moderna; sobre os diferentes movimentos das vanguardas europeias e sobre a função da arte para a sociedade. Os alunos também  participaram de uma experiência ouvindo Requiem Aeternam, de  Mozart.
 “As oficinas têm sido muito proveitosas, pois, além de passar conhecimentos técnicos de postura de palco, leva a vivências de pequenas cenas também”, explicou uma das  professoras tutoras do projeto, Olga Sueli.