Profissionais da Saúde de São Sebastião participam de capacitação sobre doença pulmonar

Os profissionais da Secretaria de Saúde (SESAU) de São Sebastião, participaram de uma formação promovida pela Direção Regional de Saúde, no Centro de Convivência da Terceira Idade (CCTI), na última terça-feira (2). O conteúdo tratou da doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), que está diretamente ligada à fumaça do cigarro ou de outros compostos nocivos à saúde.

Equipe de Prevenção da Odontologia realiza atividades de saúde bucal em creches da Costa Sul

A equipe de Prevenção de Odontologia da Secretaria de Saúde (SESAU), em parceria com a Secretaria da Educação (SEDUC), realizou na última semana, uma roda de conversa e apresentação teatral com fantoches para alunos com idade de 2 a 3 anos das creches de Juquehy e Maresias, Costa Sul do município. A equipe também esteve presente na EMEI Boiçucanga, na última terça-feira (2).

Oficina de Acesso restaura cadeiras de banho para Hospital de Clínicas de São Sebastião

Projeto da SEPEDI promove inclusão e restaura mais de 30 equipamentos em apenas 1 mês

A Prefeitura de São Sebastião fez a entrega nesta quarta-feira (3), de duas cadeiras de banho, restauradas pelos funcionários da Oficina de Acesso, ao Hospital de Clínicas de São Sebastião (HCSS). Todos os colaboradores da oficina possuem algum tipo de deficiência.

Desde que a Oficina de Acesso iniciou, dia 10 de junho, mais de 30 equipamentos já foram restaurados e reutilizados pela população. Outras duas cadeiras de banho passam ainda por restauro, e mais outras quatro foram doadas pelo HCSS à própria Oficina de Acesso.

O projeto, realizado em parceria inédita da Secretaria da Pessoa com Deficiência e Idoso (SEPEDI) com o Fundo Social, o Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) e o Grupo Serveng, é o único do Litoral Norte a empregar pessoas com deficiência para consertar cadeiras de rodas danificadas ou quebradas.

Um dos funcionários da Oficina, Marcos Messias de Almeida, 53 anos, participou do restauro das cadeiras de banho. “Somos pioneiros no Brasil, o projeto é maravilhoso, pois além de ter me dado oportunidade de trabalho me sinto feliz por ajudar tantas pessoas reformando estas cadeiras que estavam sucateadas e sem uso”, comentou Marcos, que apresenta deficiência física em razão de sequela de um atropelamento.

Após o acidente, Marcos estava sem trabalhar há 3 anos. “Todo o suporte da SEPEDI e da nossa equipe de trabalho me motiva a cada dia. Parabéns ao prefeito Felipe Augusto, e aos idealizadores do projeto, a SEPEDI e a Serveng”, considerou.